VIVA O CINEMA DE RUA! O CINE JOIA VOLTOU!

Os moradores do bairro de Copacabana já estavam ansiosos. Durante o período de obras que reformou sua estrutura interna, o Cine Joia foi acompanhado por muitos que visitavam a Galeria 680 da Nossa Senhora de Copacabana. As perguntas eram sempre as mesmas: quando estreia e quais os filmes vão passar. As perguntas faziam sentido, pois o bairro, que já abrigou mais de vinte salas de cinema, carecia de exibições diversificadas de filmes, queixa constante de quem se empolgava ao saber da reabertura do Joia.

O Cine Joia volta no momento certo para contemplar estes cinéfilos, jovens, adultos e idosos, de todos os gostos, e fortalecer a cultura do cinema de rua, alternativo e de bom gosto, especial para quem quer passar algumas horas prestigiando um bom filme. E a volta é acompanhada de ingressos no valor de R$ 10 (inteira), o que facilita o acesso a quem não pode pagar caro para ver um filme.

Fundado na década de 1970 como Cine Hora, nome oportuno já que o público passava seu tempo assistindo a um filme, o Cine Joia era conhecido como um famoso “cine mofo”. Desta vez, ele ressurge depois de cinco anos fechado, e os inconvenientes mofos deram lugar a um poderoso sistema de som, com projeção assinada pela Auwe (sistema de transmissão via web) e um ar condicionado confortável que deixa no passado o sofrível calor enfrentado em outros tempos.

O talentoso arquiteto Maurício Nóbrega, com o auxílio de fotografias antigas, buscou não descaracterizar a sala. O novo letreiro é idêntico ao antigo, com a única exceção do acento ter caído da palavra “joia”. As cadeiras são as originais, restauradas e com estofado em diversas cores, fugindo ao padrão antigo. Sobre elas, a figura homenageada de Esther Williams, a famosa atriz das décadas de 1940 e 1950 conhecida como a sereia de Hollywood por suas cenas sensuais nadando com um maiô provocante para a época.

A administração do Cine Joia é mantida pela Vilacine.

Anúncios

5 comentários sobre “VIVA O CINEMA DE RUA! O CINE JOIA VOLTOU!

    1. O conceito de rua é mais amplo que o espaço delimitado por duas calçadas. “Rua” é sair de casa e ir até a esquina assistir a um filme em sua comunidade!
      E uma humilde galeria é extensão desta rua, o que talvez não se aplique aos grandes shoppings centers onde você gasta gasolina, paga estacionamento e ainda consome um ingresso caro para assistir a um filme que daqui a alguns meses estará nos canais a cabo.

      Obrigado pelo comentário!

  1. O Cine Hora se mudou depois pro Edifício Central. Legal essa dica do Joia originariamente ter sido o Hora porque todo mundo com quem eu falava dizia não se lembrar disso. Vi muita matinê lá e o último filme a que assisti no extinto cinema foi EASY RIDER, no relançamento de 20 anos da fita.

  2. Parabéns pela iniciativa de reabrir o pequeno e simpático Cine Joia ,pois tenho boas lembranças nos anos 90 quando fui trabalhar em Copacabana e existia uns 10 cinemas de rua . Foi nesta época(e nas horas de folga) que aprendi a profissao de operador cinematográfico na pequena cabine do joia,quando havia dois projetores 35mm :um vitória e um ellite,hoje coleciono filmes em peliculas e projetores 16 e 35mm além de cartazes e fotos de cinemas. Um grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s