CINE JOIA APRESENTA: SESSÃO VITRINE

Com início nesta sexta-feira (27 de maio), o Cine Joia apresenta, sempre às 22h, a Sessão Vitrine, uma iniciativa coletiva de cineastas brasileiros para estreia de filmes nacionais de novos diretores em salas de cinema por todo país.

No Rio de Janeiro, o Cine Joia vai realizar com exclusividade a estreia de cinco filmes, um a cada semana.

"Estrada para Ythaca", de 27 de maio a 02 de junho

Do dia 27 de maio a 02 de junho, ocorre a estreia da ficção “Estrada para Ythaca” (2010), um filme dirigido pelos diretores Guto Parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes, Ricardo Pretti, que mostra a viagem de quatro jovens cineastas até uma metafórica região denominada Ythaca a fim de esquecerem a morte de um amigo. Inspirados em grandes diretores, como Glauber Rocha e Jean-Luc Godard, vão construindo um enredo cheio de referências e homenagens ao cinema. Vencedor do Festival de Cinema de Tiradentes (2010).

"Um Lugar ao Sol", de 17 a 23 de junho

Do dia 03 a 09 de junho, “Um Lugar ao Sol” (2009), do diretor Gabriel Mascaro, entra em luxuosos apartamentos das capitais Recife, Rio de Janeiro e São Paulo e discute com seus moradores questões cruciais como insegurança, status social e poder.

"Chantal Akerman, de cá", de 03 a 09 de junho

Do dia 10 a 16 de junho, a estreia da vez é de “Chantal Akerman, de cá” (2010), dos diretores Gustavo Beck e Leonardo Luiz Ferreira, que mostra, num plano único, a visão cinematográfica da cineasta belga Chantal Akerman, defensora da importância de se sentir “a passagem do tempo” num filme, ao contrário da experiência de “não se sentir o tempo passar”.

"Estrada Real da Cachaça", de 10 a 16 de junho

Do dia 17 a 23 de junho, “Estrada Real da Cachaça” (2008), do diretor Pedro Urano, é um “roadiemovie” que passa pelos caminhos da cana-de-açúcar até se transformar numa das bebidas mais tradicionais do país. O percurso trilhado pelo diretor traz uma investigação histórica, antropológica, sócio-econômica e poética que moldou um comportamento nacional.

"Morro do Céu", de 24 a 30 de junho

Do dia 24 a 30 de junho, por fim, “Morro do Céu” (2009), do diretor Gustavo Spolidoro, é um documentário que apresenta a pequena comunidade de imigrantes italianos Morro do Céu, no Rio Grande do Sul, um vilarejo isolado entre montanhas, “próxima de Deus”, segundo seus moradores, mas com problemas mundanos, como o dos irmãos Bruno e Joel Storti, que estão prestes a repetir de ano no colégio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s