DIA 27, CINE JOIA EXIBE “SARAVAH!” E APRESENTA SHOW DE MARCEL POWELL

As entradas para a sessão “Saravah!”, que acontece nesta segunda-feira (27 de junho) no Cine Joia já estão esgotadas. Caso queira entrar na nossa lista de espera, mande um e-mail para cinejoia@live.com

O Cine Joia, em parceria com a Biscoito Fino e o Bar Semente, irá exibir no próximo dia 27 de junho (segunda-feira), às 20h, o filme “Saravah!”, uma joia documental rara da música popular brasileira, registrada pelo cineasta francês Pierre Barouh em 1969, com imagens de Maria Bethânia aos 21 anos, cantando com um jovem Paulinho da Viola, além de cenas com João da Baiana, Pixinguinha e o mestre de cerimônias Baden Powell, que faz a ponte do cineasta com os artistas.

Para deleite dos espectadores, além da exibição de “Saravah!”, haverá uma apresentação ao vivo do filho de Baden, Marcel Powell, e dez pessoas serão sorteadas e receberão um convite para uma esticadinha ao Bar Semente logo após o show (as demais poderão fazer parte da lista amiga, pagando R$ 12,00).

A noite será aberta com uma mensagem gravada, em que Pierre Barouh revela lembranças da filmagem de “Saravah!”. Depois da exibição, haverá um debate sobre o filme. O também documentarista francês Benjamin Rassat – que está trabalhando agora em Paris com Phillip Powell em um vídeo sobre Baden e também com Pierre Barouh em um projeto de documentário sobre Jorge Benjor – vai comentar sobre os segredos da filmagem e da edição de “Saravah!”. O músico carioca João Cavalcanti, do Casuarina, vai participar da mesa.

SOBRE “SARAVAH!”
“Saravah!” é um filme rodado no Rio de Janeiro pelo cineasta francês Pierre Barouh em 1969, que só veio a ser licenciado para exibição no Brasil há cinco anos (dvd Biscoito Fino). Pierre Barouh foi um importante disfusor da bossa nova na Europa, ao cantar uma versão de Samba da Benção, de Baden, no filme ‘Um Homem, Uma Mulher’, de Claude Lelouch.

Como diz a Biscoito Fino na capa do dvd: ‘Foi no mês de fevereiro de 1969 que o diretor de cinema francês Pierre Barouh desembarcou no Rio de Janeiro disposto a registrar em película momentos de uma música que, embora conhecesse pouco, o fascinava intensamente. O olhar do estrangeiro, de coração aberto para a música brasileira, capturou imagens que durante 36 anos permaneceram desconhecidas no país. O filme Saravah é o resultado das sessões de filmagem de Barouh com os ancestrais Pixinguinha e João da Baiana, então octagenários, os jovens Maria Bethânia (aos 21 anos) e Paulinho da Viola, tendo Baden Powell como elo de ligação entre gerações tão distantes e fundamentais da arte brasileira. Interessado nas intervenções culturais e religiosas da presença da África no Brasil, Barouh entrevista João da Baiana que, acompanhado por Baden ao violão, sapateia e toca prato e faca, enquanto entoa “Okekerê”, de sua autoria, e “Yaô”, de Pixinguinha. Um momento em que a história atemporal do Brasil é materializada em imagens pelas lentes de Barouh.’

Antes de chegar ao Brasil com grande atraso, “Saravah!” foi conhecido pelos franceses e pelos japoneses. Tem cenas incríveis, de alto valor documental, e quem gosta de música e de cinema vai gostar muito de ter este ‘segredo’ revelado.

“SARAVAH!” + SHOW DE MARCELL POWELL

27 de junho (segunda-feira), às 20h
Cine Joia (Av. Nossa Senhora de Copacabana, 680, subsolo loja H, Rio de Janeiro/RJ)
Informações: (21) 2236-5671 / 2236-5624

Anúncios

Um comentário sobre “DIA 27, CINE JOIA EXIBE “SARAVAH!” E APRESENTA SHOW DE MARCEL POWELL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s